O Blog

Ir além da notícia, contextualizando-a em artigos e ensaios, com a participação de colaboradores qualificados, é o que se propõe o blog. A internet é a babel digital despejando a cada minuto uma quantidade de informações que, por sua magnitude, às vezes mais confunde que esclarece. Nosso objetivo é, mais que dar a informação, pensar a notícia.

Colaboradores

Redes Sociais

O ano do quebra-molas

O ano de 2016 produziu certamente o maior número de epitáfios antes mesmo de seu desaparecimento, como o pior de todos os tempos, atropelado por uma crise econômica sem precedentes. É certo que não faltam razões para tanto desgosto – afinal, a estatística de 12 milhões de desempregados e a falta de perspectiva de melhoras em curto prazo formam uma síntese desalentadora. Mas o saldo positivo, de caráter potencialmente transformador, é o fim da supremacia de uma cultura política que submete há

Interesses cruzados

Enquanto combate, nas missas, a reforma da Previdência, a Igreja atua junto ao governo para negociar a questão do aborto, caso o tema vá para o Legislativo. Serve-se da posição do Planalto junto ao Superior Tribunal Federal, pelo encaminhamento da questão do aborto ao Congresso, e estabelecer aí uma moeda de troca. O governo acha que pode ganhar com isso ao expor o conflito entre a esquerda, que votaria em peso pelo aborto, e a Igreja, na

reeleição

O risco do vácuo

O ex-presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), constatou que sua reeleição e a de seu filho, governador de Alagoas, estão ameaçadas. Não atribui a causa ao rosário de processos contra ele em trâmite na instância superior da Justiça, mas ao governo do presidente Michel Temer, que não lhe abriu o espaço de poder que imaginara. Concluiu também que a rejeição à reforma da Previdência pode ser uma forma de atenuar o desgaste produzido pelas delações no seu

Previdência

Sinais contrários

A impopularidade que já não incomoda o presidente Michel Temer, pela sua irreversibilidade, é a mesma rejeitada pelos parlamentares que têm encontro marcado com o eleitor em 2018. Por isso, a reforma da Previdência subiu no telhado, interrompendo o ciclo exuberante de vitórias do governo no Congresso e semeando dúvidas no mercado quanto à fidelidade da base aliada. De fato, ela não é a mesma quando chega a vez da Previdência na pauta das reformas, como

fakes

A pomba da mentira

Duas paixões nacionais foram atingidas recentemente por versões irreais com potencial para danos irreparáveis a marcas de consumo consolidadas: a carne e a cerveja. A primeira por precipitação da Polícia Federal que confundiu papelão de embalagens com ingrediente processado no alimento. Foi um papelão! O consumidor de cerveja foi subitamente assaltado por uma notícia falsa de que sua maior produtora – a Ambev – a misturava a pombos triturados. Foi uma mentira! De comum entre ambas, o dano